Select Menu

Slider

Polícia

Maceió

Brasil

Cultura

Carnaval

Interior

Videos

(Crédito: Divulgação-PC/AL)
Da Redação

Policiais civis do 92º Distrito Policial apreenderam em flagrante nesta quarta-feira (16), uma menor acusada de tráfico de drogas em Maragogi.  A garota de iniciais, A.M.F.O, de 17 anos que está grávida, foi detida no Povoado Corre Água no município citado.
Na ação foram apreendidas 18 bombinhas de maconha e cinco pedras de crack e R$ 6,00.

Ao ser autuada pelo delegado Thiago Prado, ela disse que cada entorpecente seria comercializado a R$ 10,00.
O delegado explicou que ações como esta estão sendo intensificadas para localizar as pessoas que estão repassando as drogas para menores e combater a criminalidade na região.

Policiais civis do 92º Distrito Policial apreenderam em flagrante nesta quarta-feira (16), uma menor acusada de tráfico de drogas em Maragogi.  A garota de iniciais, A.M.F.O, de 17 anos que está grávida, foi detida no Povoado Corre Água no município citado.

Na ação foram apreendidas 18 bombinhas de maconha e cinco pedras de crack e R$ 6,00.  Ao ser autuada pelo delegado Thiago Prado, ela disse que cada entorpecente seria comercializado a R$ 10,00. O delegado explicou que ações como esta estão sendo intensificadas para localizar as pessoas que estão repassando as drogas para menores e combater a criminalidade na região.

*PC/AL
- -
(Crédito: Arquivo/VozAL)
Da Redação 

Agentes de trânsito do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/AL) estarão nas principais rodovias alagoanas para fiscalizar e orientar condutores durante o feriado da Semana Santa. As ações se iniciam nesta quinta-feira (17) e seguem até a próxima segunda-feira (21).  

Segundo o diretor de transporte e trânsito do DER, Alexandre Tenório, sete viaturas estarão nos principais trechos das rodovias AL-101 Norte e Sul e na rodovia AL-220, em Arapiraca. "O nosso objetivo é que o feriado ocorra de forma tranquila, sem acidentes graves nas rodovias", afirma.

O diretor alerta também que as lombadas eletrônicas, localizadas nas rodovias AL-101 Norte e Sul e na rodovia AL-220, estarão ligadas durante todo o período do feriado. "As lombadas  eletrônicas continuam ligadas para coibir possíveis excessos de velocidade e atropelamentos nas rodovias", explica Tenório.

Campanhas educativas

O Serviço de Educação de Trânsito (SET) do DER dará continuidade à campanha de conscientização no trânsito nas principais rodovias alagoanas.
Nesta quarta-feira (16), a ação terá início na rodovia AL-101 Norte, São Miguel dos Milagres/ Barra do Camaragibe, a partir das 9 horas, com blitze educativas, distribuição de panfletos e brindes com mensagens de orientação educativa para condutores e pedestres.

No dia 23, a equipe de agentes de trânsito (DER) e a equipe educativa estarão na rodovia AL-110, em Arapiraca. Já no dia 30, a ação será na rodovia AL-115, em Palmeira dos Índios, também a partir das 9 horas.

Importância

O Serviço de Educação de Trânsito do DER alerta sobre a importância de obedecer as leis de trânsito para garantir maior segurança na trafegabilidade dos condutores, principalmente na transgressão dos limites de velocidade e a ingestão de bebidas alcoólicas.

A responsável pela ação educativa, a pedagoga Soraia Meg Amorim, ressalta ainda os resultados positivos das campanhas realizadas pelo órgão. “A campanha permanente de conscientização no trânsito é uma ação contínua, que acontece todos os meses, há três anos, com ações para educação no trânsito em vias de grande circulação, priorizando aquelas que apresentam grande índices de infrações ou de acidentes", explica Soraia.

 O diretor alerta também que as lombadas eletrônicas, localizadas nas rodovias AL-101 Norte e Sul e na rodovia AL-220, estarão ligadas durante todo o período do feriado. "As lombadas  eletrônicas continuam ligadas para coibir possíveis excessos de velocidade e atropelamentos nas rodovias", explica Tenório.

Campanhas educativas

O Serviço de Educação de Trânsito (SET) do DER dará continuidade à campanha de conscientização no trânsito nas principais rodovias alagoanas. Nesta quarta-feira (16), a ação terá início na rodovia AL-101 Norte, São Miguel dos Milagres/ Barra do Camaragibe, a partir das 9 horas, com blitze educativas, distribuição de panfletos e brindes com mensagens de orientação educativa para condutores e pedestres.

No dia 23, a equipe de agentes de trânsito (DER) e a equipe educativa estarão na rodovia AL-110, em Arapiraca. Já no dia 30, a ação será na rodovia AL-115, em Palmeira dos Índios, também a partir das 9 horas.

Importância

O Serviço de Educação de Trânsito do DER alerta sobre a importância de obedecer as leis de trânsito para garantir maior segurança na trafegabilidade dos condutores, principalmente na transgressão dos limites de velocidade e a ingestão de bebidas alcoólicas.

A responsável pela ação educativa, a pedagoga Soraia Meg Amorim, ressalta ainda os resultados positivos das campanhas realizadas pelo órgão. “A campanha permanente de conscientização no trânsito é uma ação contínua, que acontece todos os meses, há três anos, com ações para educação no trânsito em vias de grande circulação, priorizando aquelas que apresentam grande índices de infrações ou de acidentes", explica Soraia.

*Agencia Alagoas 

- -
(Crédito: Arquivo/VozAL)
Da Redação

A maioria dos shoppings e supermercados funcionará em seus horários habituais no próximo feriado prolongado: Semana Santa e Dia de Tiradentes, entre os dias 18 e 21, conforme informa a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio/AL).

Na Sexta-feira da Paixão (dia 18), o Maceió Shopping, o Pátio Maceió, o Parque Shopping Maceió e o Arapiraca Garden Shopping funcionarão normalmente, das 10h às 22h. No Shopping Farol, apenas os cinemas manterão o atendimento. Já no Sábado de Aleluia (dia 19), todos abrirão em seus horários habituais (Shopping Farol das 9h às 21h e, os demais, das 10h às 22h).

Os horários normais também serão mantidos no Domingo de Páscoa (dia 20): Maceió Shopping com a praça de alimentação e lojas âncoras funcionando das 12h às 21h, e lojas satélites das 15h às 21h; Pátio Maceió, praça de alimentação às 12h e lojas a partir das 14h – fechamento às 20h; Parque Shopping Maceió também abrirá seu setor de alimentação ao meio dia e as lojas às 14h, encerrando estes atendimentos às 22h; e Arapiraca Garden Shopping com as lojas âncoras e a praça de alimentação funcionando das 12h às 21h e, lojas satélites, das 15h às 21h. Shopping Farol não abrirá. Em todos, cinemas em horários habituais.

Na segunda-feira, feriado nacional de Tiradentes, apenas o Shopping Farol estará com suas lojas fechadas (cinema normal); os demais abrirão normalmente das 10h às 22h.

Em relação ao Comércio, o centro de Maceió estará fechado na Sexta-Feira da Paixão, voltando a funcionar no dia seguinte, das 8h às 14h. No Domingo de Páscoa não haverá abertura de lojas e, na segunda-feira (21), conforme informação da Aliança Comercial, o funcionamento será facultativo às lojas que assim desejarem.

Supermercados

Durante todo o feriadão, as grandes redes de supermercado abrirão suas lojas. O Grupo Walmart (Bompreço e HiperBompreço) funcionará em horário habitual. Da mesma forma, o Palato abrirá normalmente: a unidade da Ponta Verde funcionará por 24h; Palato Farol, das 7h às 24h; e Palato Parque (Parque Gonçalves Lêdo), das 7h às 22h.

Já a rede GBarbosa funcionará em horário especial na capital e no interior: na Sexta-feira da Paixão, as lojas Serraria, Praia e Stella Maris terão expediente das 7h às 21h; Tabuleiro, Benedito Bentes e Delmiro Gouveia, das 7h às 18h; Pátio Maceió, das 9h às 22h; e Santa Amélia e Arapiraca, das 09h às 18h. No Domingo de Páscoa: Serraria, Praia e Stella Maris, das 7h às 21h; Tabuleiro, das 7h às 14h; Pátio Maceió, das 9h às 20h; Benedito Bentes, das 7h às 16h; Santa Amélia, das 8h às 14h; Arapiraca, das 9h às 18h; e Delmiro Gouveia, 8h às 13h.

Na segunda-feira (dia 21), o GBarbosa abrirá as unidades da Serraria, Praia e Stella Maris, das 7h às 22h; Tabuleiro e Delmiro Gouveia, das 7h às 20h; Pátio Maceió, das 9h às 22h; Benedito Bentes, das 7h às 21h; Santa Amélia, 9h às 20h; e Arapiraca, das 9h às 21h.

A unidade do Atacadão, em Arapiraca, fechará na sexta-feira e abrirá nos demais dias (sábado, das 7h às 21h; domingo, das 7h às 14h; e segunda, das 7h às 14h).

Interior

Os comércios dos municípios de Arapiraca, Palmeira dos Índios, Penedo e União dos Palmares estarão fechados na Sexta-Feira da Paixão. Já no Sábado de Aleluia, os centros voltarão a funcionar normalmente: Arapiraca, das 8h às 13h; Palmeira dos Índios e Penedo, das 8h às 14h. A exceção fica por conta de União dos Palmares, que manterá o comércio fechado.

No Domingo de Páscoa e no Dia de Tiradentes, todas as lojas dos centros destes municípios fecharão. As informações foram repassadas pelo Sindilojas (Sindicato do Comércio Varejista) de cada cidade; entidades filiadas à Fecomércio-AL.

*Fecomécio-AL
- -
(Créditos: Deic/PC-AL)
Agentes da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), pertencente à Diretoria de Recursos Especiais (DRE), prenderam nesta terça-feira (15) José Roberto de Menezes Pereira, conhecido como “Negão”, acusado de porte ilegal de arma e resistência à prisão.

Os policiais civis cumpriram mandado de prisão expedido pelo juiz Helder Costa Loureiro, da 4ª Vara Criminal da Capital. O crime ocorreu em 2010, nas proximidades do Conjunto Village Campestre, na parte alta de Maceió.

Após ser abordado, por se encontrar em atitude suspeita, naquela ocasião, “Negão” efetuou um disparo de arma de fogo contra os policiais, porém foi rendido e capturado.
Por não informar sobre seu paradeiro ao magistrado, durante o andamento do processo, ele teve a prisão decretada.

O acusado foi localizado, após diligências nos bairros do Santos Dumont e Farol.
José Roberto foi levado à base da Deic, no bairro Santa Amélia, e em seguida transferido para a Casa de Custódia da Policia Civil, onde ficará à disposição da Justiça.

*PC/AL
-
(Crédito: Assessoria/MST)
Da Redação

Desde a manhã desta segunda-feira (14), cerca de 800 trabalhadores organizados no MST bloqueiam o acesso ao canteiro de obras do Canal do Sertão de Alagoas, no município de Inhapi (distante cerca de 270 km de Maceió). A obra de Transposição do Rio São Francisco vem sendo questionada pelos trabalhadores que ainda não tiveram acesso sequer a uma gota d'água.

“Na propaganda do governo estadual está a informação de que a água já está sendo distribuída. No quilômetro 65 talvez esteja, mas num raio muito mais próximo, à beira do Canal, centenas de famílias ainda não tiveram acesso ao bem fundamental da vida”, afirma Débora Nunes, da coordenação nacional do MST.

Ela denuncia que o governador Teotônio Vilela (PMDB) prometeu iniciar as obras no mês de março deste ano, mas não foi capaz de honrar seu compromisso. A mobilização faz parte de diversas outras lutas que estão ocorrendo em todo estado alagoano, e integra a Jornada Nacional de Lutas de Abril, em memória aos 21 trabalhadores assassinados em 1996, no que ficou conhecido como Massacre de Eldorado dos Carajás (ocorrido no Pará).

Lutas

Além do bloqueio do canteiro de obras do Canal do Sertão, os trabalhadores ocuparam nesta segunda-feira o Departamento de Estradas e Rodagens (DER-AL) e as prefeituras de Olho D’Água do Casado, Pão de Açúcar e Flexeiras.

Em Maceió, foi erguido um acampamento com cerca de 1000 Sem Terra, que participarão de atividades na capital. Às 11h de segunda-feira, uma comitiva foi recebida pelo Secretário Chefe da Casa Civil, Álvaro Machado, e reivindicaram a destinação das terras do antigo banco estadual Produban para fins de Reforma Agrária, além de pautas estruturais e o debate sobre o uso da água do Canal do Sertão.

Nas mobilizações locais e também no Incra, o MST entregou uma série de reivindicações estruturais para a vida nos assentamentos, como estradas, demarcações topográficas, regularização de assentados, entre outras. No Alto Sertão, os trabalhadores prometem permanecer com a ocupação do Canal até o Governo Estadual sinalizar com uma resolução para a pauta do Movimento.

Em apoio às mobilizações, foi realizado na Universidade Federal de Alagoas, no Polo de Palmeira dos Índios, a 1ª Jornada Universitária pela Reforma Agrária. O debate, ocorrido nesta segunda-feira, contou com a presença de professores universitários e lideranças dos movimentos Sem Terra e indígena da região, num debate que aprofundou o tema da luta pela terra em Alagoas.

*Assessoria
- -
(Crédito: Daniel Paulino/Voz-AL)
Daniel Paulino/Voz-AL com assessoria

Faltando poucos dias para o Domingo de Páscoa, a procura dos produtos que mais se vendem nessa época nos supermercados em Maceió ainda é pouca. A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), realizou uma pesquisa no último dia 27 para facilitar a vida dos consumidores na temporada de páscoa.

A pesquisa do Procon percorreu oito estabelecimentos comerciais em Maceió de grande e médio porte e analisou cerca de 100 itens que são os mais vendidos nessa época do ano como chocolates, vinho e o pescado.

De acordo com a pesquisa, a diferença de preços de ovos de páscoa vendidos em supermercados de Maceió chega a ser de 36%. A caixa de chocolate de 378g teve uma diminuição de 43% em comparação ao ano passado. O ovo de páscoa de 251g teve um aumento de 18%. Um ovo de 500g pode ser encontrado da mesma marca em supermercados diferentes entre R$ 34,99 a R$ 54,98. O bacalhau do porto pode ser encontrado por R$ 29,90 a R$ 49,90 uma diferença de 40%. Já o vinho, a garrafa de 750ml é encontrada entre R$ 6,99 a R$ 11,00, uma diferença de 36%.

O superientende do Procon, Rodrigo Cunha, alerta os riscos de comprar os produtos sem pesquisar. ''Disponibilizamos a pesquisa para tentar mostrar o consumidor as sugestões e qual é a melhor alternativa de se comprar," disse. A pesquisa encontra-se disponível no site do Procon http://www.procon.al.gov.br/.

A consumidora Márcia Gomes disse que tem cinco netos e não compra ovos de páscoa. ''Não compro pois estão muito caros. Com dinheiro de compra um ovo pequeno eu compro cinco barras de chocolates e ainda compro brinquedos," pontuou.

Ovo recheado de prestígio
(Crédito: Adriana Oliveira/Arquivo Pessoal)
Com essa grande insatisfação do aumento dos preços de ovos de chocolate por parte dos consumidores, quem acaba ganhando com tudo isso são as doceiras que fazem e vendem ovos de páscoa trufados e comum por encomenda. Tudo começou com muita timidez, mas com a divulgação boca a boca e pelas rede sociais dos belos e deliciosos ovos de páscoa trufados, a procura acabou aumentando bastante.

De acordo com a doceira Adriana Oliveira, que trabalha no ramo de chocolates e doces a bastante tempo, a procura nessa época do ano chega a aumentar cerca de 60% nas encomendas, e os sabores de ovos de páscoa acabam se diversificando a pedido do cliente. Um verdadeiro ovo de páscoa personalizado dos sonhos.

''Os sabores mais pedidos são prestigio e brigadeiro, mas faço todos sabores dentre eles sonho de valsa, crocante, ouro branco e bem casado. Já em relação a quantidade e em qual das bandas eu coloco o recheio acaba ficando a critério do cliente," conclui Adriana.

Ainda segundo Adriana, o mais recheado é a inovação do ano: o ovo de 1kg, que depois de recheado chega a ficar com cerca de 1,200kg de muito chocolate, "tenho o ovo médio de 300g por R$ 30,00; o grande de 500g por R$ 40,00 e o gigante de 1,200kg por R$ 55,00. Todo o tipo de recheio fica a critério do cliente.''

Quem tiver interesse em garantir o seu ovo de páscoa trufado do seu jeito, pode entrar com contato com Adriana pelos contatos: (082) 9332-7235/(082) 8896-6378. Garanta a sua encomenda.
- - - - - -
(Crédito: Remi Feitosa/Trânsito Maceió)
Daniel Paulino/Voz-AL 

Após cinco horas de bloqueio, os taxistas resolveram liberar os nove pontos que estavam interditados em Maceió e na região metropolitana desde a madrugada, no final da manha desta terça-feira (15). A revindicação por parte da categoria é que a Arsal deseja que os taxistas que fazem o transporte dos moradores do interior para a capital façam o percurso de ida e de volta com os mesmos passageiros ou pelo contrário voltem vazios.

De acordo com o secretário geral do Sindicato dos Taxistas de Alagoas (Sintaxi), Fernando Ferreira, todas as vias foram liberadas após o anúncio de uma liminar da justiça deferida pela juíza Maria Ester Fontan Cavalcanti Manso, tomada desde o último dia 10, que apresenta a ser favorável à causa da categoria.

Ainda de acordo com Fernando, uma reunião está marcada para amanhã às 16h com representantes da Arsal e do governo, na sede da Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS), na qual as as reivindicações da categoria e a decisão judicial serão debatidas.

Indagado se existe uma perseguição entre a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) e os taxistas o secretario foi claro, ''sim, tudo isso é uma perseguição. Os taxistas não podem nem trabalhar direito. Só no último final de semana oito carros foram apreendidos," disse.

Em entrevista ao Portal Voz das Comunidades, o presidente da Arsal, Waldo Wanderley, afirmou que irá entrar com uma ação na justiça contra os protestos que foram feitos durante toda a madrugada e manhã desta terça-feira (15), e que as fiscalizações da Arsal irão continuar, pois os carros clandestinos acabam prejudicando os veículos legalizados que fazem o mesmo percusso.

''Eles não podem prejudicar a vida de quem não tem nada a ver com a história. Por isso, irei entrar com um recurso na justiça contra os protestos de hoje. As fiscalizações são justas e legais. Os nossos agentes não estão cometendo nada de errado, pois os veículos legalizados sofrem com esse tipo de transporte clandestino e exigem mais fiscalização por parte da Arsal, e esse é nosso trabalho," afirmou.
- -