Select Menu

ads2

Manchetes

Polícia

Maceió

Brasil

Geral

Eleições 2014

Interior

Videos

(Crédito: Assessoria-Semarh)
Da Redação 
Assessoria 

Durante este último final de semana do mês de julho o tempo deve ser de chuva na maioria das regiões de Alagoas. É o que informam os dados do boletim da previsão climática da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, expedido nesta sexta-feira (25).

No sábado, o tempo deve ser de chuva isolada em alguns pontos das regiões do Baixo do São Francisco, Litoral e da Zona da Mata. Já no Sertão do São Francisco e no Agreste o tempo deve ficar parcialmente nublado – com possibilidade de chuva ocasional durante o período. No Sertão, a variação de nebulosidade durante o período.

No domingo, o tempo deve ficar instável, com chuva durante o período no Baixo do São Francisco e Litoral. Já no Sertão e Sertão do São Francisco ocorrerá variação de nebulosidade. No Agreste, o tempo estará parcialmente nublado.  Já na Zona da Mata, chuva isolada na região.

A temperatura máxima no final de semana deve chegar a 30°C no Sertão do São Francisco e a mínima de 19°C no Sertão. A umidade relativa do ar fica entre 57% e 94%.
- - -
(Crédito: Assessoria-MP/AL)
Da Redação 
Assessoria 

Uma operação de combate a roubo a bancos no interior de Alagoas e em outros estados resultou na prisão de oito pessoas, entre elas, o vereador João Sérgio, de Mata Grande.

Ele é suspeito de envolvimento em um assalto contra um banco na cidade de Inajá, em Pernambuco. Além de João Sérgio, foram detidos o guarda municipal de Canapi, Euzébio Lima Piauí, os irmãos Iran Francisco Sá dos Santos e Robermário Francisco Sá dos Santos, Robério Mandu de Lima, Ismar Luz da Silva, Francisco Alencar dos Santos e José Alexandre dos Santos, todos esses em Canapi.

A ação começou na tarde dessa quinta-feira (24), realizada em conjunto pelo Grupo de Combate às Organizações Criminosas, do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar de Alagoas e Pernambuco, teve a participação de 30 pessoas e cumpriu 16 mandados de busca e apreensão e dois de prisão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, nas cidades de Mata Grande, Canapi e Delmiro Gouveia.

O trabalho de investigação foi iniciado há cerca de dois meses. Num trabalho de campo, um agente infiltrado do Gecoc descobriu que a casa do vereador João Sérgio guardava armamento pesado e vários pacotes de dinheiro. Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do vereador, no início da manhã desta sexta-feira (25), foram apreendidos um revólver calibre 38, uma espingarda 12 e uma luneta para fuzil, com mira infravermelha (para visão noturna).
Ele foi preso em flagrante delito por posse ilegal de armas. João Sérgio teria utilizado um veículo Fiat Uno prata, placas OHE-2496 / Mata Grande, no assalto de Inajá (PE). No dia seguinte ao roubo, ele teria abandonado o carro na BR 416.

Material aprendido que estava em poder dos criminosos
(Crédito: Assessoria-MP/AL)
Troca de tiros

A operação começou quando os agentes da segurança pública interceptaram o veículo Fiat Palio prata, placas IAD-2146 / Aracaju, que tinha como um dos ocupantes um homem identificado, até o momento, como "Siríaco". Ele trocou tiros com as equipes e morreu durante o confronto. Um outro fugiu. Siríaco participou do assalto a Inajá e já era procurado pela polícia de Pernambuco.

No Palio foram encontradas 14 bananas de dinamite, três espingardas, dezenas de espoletas, balaclavas, luvas e vários sacos com ligas para amarrar dinheiro. Ele estava levando o material para uma outra parte da quadrilha que o aguardava em Petrolândia. O bando estava se organizando para roubar o Banco do Brasil de Olivença na madrugada de hoje.

Como o trabalho de campo já acontecia em Petrolândia, com o apoio das polícias de Pernambuco, a casa onde estava o bando que aguardava "Siríaco" estava sendo monitorada. Entretanto, um grupo conseguiu fugir. Quando as equipes entraram no imóvel, encontraram uma Amarok preta, placas NVL-5028 / Arapiraca, abandonada. Dentro dela havia mais duas dinamites e balaclavas. Já no interior da casa foram encontrados dois quilos de maconha, uma pequena quantidade de crack, sacos para embalar cocaína e mais ligas.

Ao todo foram apreendidas 16 bananas de dinamite, quatro espingardas, três revólveres calibre 38, dezenas de espoletas, balaclavas, luvas e sacos de liga, cerca de três quilos de drogas e uma luneta de fuzil para visão noturna. Os presos e o material serão levados para a sede da Deic, em Maceió. Porém, ainda não há previsão de chegada.

- - - -
(Crédito: Ascom-PC/AL)
Da Redação
Assessoria 

Depois de um vídeo divulgado pela rede de telefonia móvel, através do Whatsapp, a Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) conseguiu localizar e prender na noite da última quarta-feira (23), Jorge Samuel Tertuliano da Silva, 21, estudante, acusado de pedofilia.

Nas imagens é possível identificar o acusado praticando sexo oral em uma criança, em plena luz do dia e na presença de outras pessoas. As investigações, que perduraram por cerca de 60 dias, foram realizadas pela Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), Asfixia e Delegacia Especializada dos Crimes contra a Criança e Adolescente, sob a coordenação da delegada Rosimeire Vieira.

De posse das imagens, a delegada solicitou o mandado de prisão temporária, para evitar a fuga do criminoso, que foi expedido pelo juiz Antonio Bittencourt, da 14ª Vara criminal. Jorge Tertuliano foi preso em casa, no bairro da Pajuçara, em Maceió, onde mora com a mãe, foi levado à delegacia, interrogado e confessou o crime. Ele também deu informações sobre a vítima, que aparece no vídeo. De acordo com a delegada, as investigações em andamento visam agora localizar a vítima, quem divulgou o vídeo e também quem capturou as imagens.

“Neste momento, estamos trabalhando para localizar e ouvir a vítima, como também os responsáveis pela captura e divulgação das imagens, que também responderão pelo crime, uma vez que a legislação brasileira prevê penalidades para eles”, esclareceu. Após depoimento, Jorge Tertuliano foi levado para a Casa de Custódia da Capital, onde permanecerá à disposição da justiça alagoana.

- -
(Crédito: Secom Maceió)
Da Redação 
Assessoria 

Na tarde da ultima quinta-feira (24), a secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, esteve reunida em uma audiência com lideranças do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), na Secretaria Municipal de Educação (Semed), para ouvir os pleitos do Sinteal. Já são nove encontros realizados entre os anos de 2013 e 2014.

Desde a primeira solicitação de pauta feita pelo Sinteal, em janeiro de 2013, no Ofício 29, o Sindicato destacou como pauta o reajuste salarial baseado no Piso Nacional, que deixou uma pendência de 1,32%, 1/3 hora-atividade, realização de concurso, retroativos de progressão de nível e tempo de serviço, difícil acesso para os funcionários e inauguração de escolas. Após a apresentação do pleito do Sindicato, a Semed apresentou as propostas para os representantes dos trabalhadores.

Com relação ao 1,32%, a Prefeitura sinaliza que implantará na folha dos professores, a partir de novembro de 2014, e que o retroativo referente a este aumento será pago a partir de janeiro de 2015, em 10 parcelas. Ainda segundo informou a secretária, mais de 80% dos pontos da pauta já foram solucionados e o que faltava, a exemplo do 1/3 hora-atividade e realização de concurso, a sugestão de solução foram apresentadas. “Temos trabalhados juntos com as outras secretarias, em momentos que o debate é acirrado, mas temos avanços concretos”, reforçou.

Conquistas

Ana Dayse apontou ainda que há avanços e o Sindicato concordou com a afirmação, pois em 18 meses da atual gestão, todos os processos estão sendo encaminhados, inclusive solucionando pendências com mais de 10 anos. “Em uma breve estatística, dos sete assuntos da pauta, seis já foram resolvidos, sendo uma média de resolução de um pedido a cada 90 dias”, disse a secretária. Saiba mais sobre as soluções dadas pela Semed aos pleitos do Sinteal aqui.

Em relação ao 1/3 de hora-atividade, a secretária reforçou a importância do benefício e que a Semed já tem começado a cumprir a legislação, pois desde maio de 2014, os professores de fundamental – 6º ao 9º ano – e Educação de Jovens e Adultos (EJA)  já estão adequados na lei. “Sabemos que nosso maior gargalo está nos professores de educação infantil e fundamental I – 1º ao 5º ano, mas estamos já identificamos que 1.260 professores estão em sala de aula que se manifestaram interesse em ampliar a jornada de trabalho para 30h, proposta da Semed e da secretária para solucionar o impasse.

“Para que isso ocorra, se faz necessário enviar para Câmara um projeto de lei que altere o regime de trabalho para 30 horas e que estabeleça o piso nacional como parâmetro salarial de Maceió. A presença dos vereadores será uma ponte nessa tratativa com o Legislativo”, explicou Ana Dayse Dorea. Além disso, a Semed já fez um levantamento nos últimos 18 meses do volume de aposentadorias e encaminhou para a Procuradoria Geral do Município (PGM) a consulta sobre concurso público. “Não há como expandir a Rede e ampliar o número de vagas sem pessoal”, afirmou a secretária.

Entendendo a seriedade da gestão da Educação, Maria Consuelo, presidente do Sinteal, afirmou ser difícil aguardar a efetivação destas decisões, mas ressalta que este processo de negociação é preciso, mas deixa o trabalhador impaciente. “É a demora para aplicação que nos impacienta”. Uma assembleia da Sinteal está marcada nesta sexta-feira (25), para ser repassado aos sindicalizados as medidas apresentadas na audiência.


Participaram do encontro o secretário municipal de Controle Interno, Felipe Mamede, a secretária-adjunta de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio, Fabiana Toledo, o secretário-adjunto de Planejamento, Marcos Sales, além do secretário-adjunto de Educação, João Carlos Barbirato, demonstrado o modelo de gestão integrada do prefeito Rui Palmeira. Também participaram da audiência os vereadores Tereza Nelma (PSDB) e Guilherme Soares (Psol), membros da Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esporte da Câmara Municipal de Maceió.
- -
(Crédito: Divulgação)
Assessoria

A Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) interditou, nessa quarta-feira (23), 19 estabelecimentos comerciais que funcionavam irregularmente em vários bairros da capital. O motivo foi a não apresentação da Taxa de Localização e Funcionamento (TLF) pelos proprietários, mesmo após diversas notificações.

Segundo informações do Departamento de Fiscalização da SMCCU, os lacres foram realizados nos bairros do Centro, Farol, Ouro Preto, Clima Bom, Novo Mundo, Cidade Universitária e Santa Lúcia. Entre os estabelecimentos interditados estavam padaria, serralharia, salão de beleza, loja de calçados e um estacionamento de veículos.

Os locais ficarão impedidos de funcionar até que se regularizem perante a Prefeitura e possam oferecer segurança no atendimento à população. A presença do alvará de funcionamento indica que o estabelecimento comercial está cumprindo todas as exigências documentais e de segurança do Município.

Desde o início do ano, a SMCCU já embargou cerca de 500 estabelecimentos comerciais devido à falta do alvará de funcionamento. A TLF é um tributo obrigatório para quem mantém comércio na cidade. Sem ela, o proprietário não pode emitir notas fiscais, ficando inadimplente e podendo ter seu negócio interditado pela Prefeitura.
-
(Crédito: Alagoas 24h)
Daniel Paulino 
Voz das Comunidades 

O corpo de um jovem identificado como Nicholas Caio Alves de Meneses, de 16 anos, foi encontrado no bairro do Santos Dumont, no inicio da tarde desta quarta-feira (24). De acordo com militares do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), moradores da região informaram à polícia de que o jovem teria envolvimento com o tráfico de drogas na região.

A família negou a possibilidade de envolvimento com drogas e afirmou que o jovem que estava desaparecido a cerca de dois dias, e costumava visitar amigos na região e que o mesmo teria chegado recentemente de São Paulo.

A polícia informou ainda que o jovem Nicholas Caio Alves residia em Rio Largo com a família, e que o corpo apresentava semelhanças de que teria sido recentemente morto. ''Não podemos adiantar muita coisa, pois quase nada foi passado para a guarnição. A lei do silêncio prevalece como sempre.", comentou um militar que preferiu não se identificar.

Os profissionais do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local e realizaram os procedimentos cabíveis e o corpo foi encaminhado ao Instituto Medico Legal (IML).

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.
- - -
(Crédito: Reprodução)
Da Redação 
com Assessoria

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE) informou que a eleição suplementar para os cargos de prefeito e vice-prefeito da cidade de Major Isidoro deve ocorrer no dia 31 de agosto. Na votação que será realizada de forma eletrônica com identificação biométrica, só poderão participar os eleitores que se alistaram ou transferiram seu domicílio eleitoral para a cidade onde irá ocorrer a eleição.

As convenções para escolha de candidatos e a formação de coligação serão realizadas entre os dias 30 e 31 de julho. Já a propaganda eleitoral será iniciada do dia 2 de agosto em diante. O TRE afirma ainda que não irá ocorrer propaganda eleitoral na televisão e a propaganda eleitoral gratuita no rádio poderá ser feita só a partir do dia 18 de agosto.

O juiz eleitoral deverá divulgar o resultado da eleição até o dia 1 de setembro e até o dia 16 de outubro deverá ser feita a diplomação dos eleitos. Logo após a diplomação o magistrado cientificará o Presidente da Câmara Municipal, que deverá, com a máxima urgência, empossar os eleitos.

O cartório eleitoral da 31ª Zona funcionará no horário das 7h30 até as 14h30 nos dias úteis, e das 13h às 17h nos sábados, domingos e feriados.
- -